Iniciativas para Diminuir o Número de Cesáreas Excessivas no Brasil: Projeto Parto Adequado

Curso: 

  • MPGPP

Área de conhecimento: 

  • Políticas Públicas

Autor(es): 

  • Ana Carolina Bittencourt Morais Negrão

Orientador: 

Ano: 

2017

Nas últimas décadas, a cesárea tornou-se a principal via de parto no Brasil, especialmente em maternidades e hospitais do sistema privado de saúde. Diversas iniciativas, públicas e privadas, vêm sendo adotadas pelo país com o intuito de reduzir o número de cesáreas desnecessárias, entre elas, o projeto Parto Adequado. O objetivo deste estudo é apresentar o projeto Parto Adequado, sua abrangência, suas propostas e os resultados da primeira fase de implantação. Utilizou-se como metodologia pesquisa bibliográfica de títulos disponíveis na internet, análise documental de material disponível na internet, especialmente da ‘Cartilha Nova Organização do Cuidado ao Parto e Nascimento para Melhores Resultados de Saúde: Projeto Parto Adequado – Fase 1’, e dados e informações disponíveis no site da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). Os resultados da primeira fase do projeto indicam que houve aumento do número de partos vaginais na maioria dos hospitais participantes, acompanhado, ainda, da diminuição de internações em UTIs neonatais. Para que o projeto possa ser melhor refletido, avaliado e incrementado, entende-se que são necessários mais dados objetivos em relação à assistência ao parto nos hospitais participantes do projeto, bem como avaliação pelas mulheres atendidas pelo projeto – o que deve ocorrer após a realização de avaliação externa, em andamento, dos resultados da primeira fase do Parto Adequado.

Clique aqui para ver outros trabalhos deste orientador
Clique aqui para ver outros trabalhos orientados por este professor