Marcus Alexandre Yshikawa Salusse

Doutor em Administração de Empresas na linha de pesquisa em Estratégia Empresarial pela Fundação Getulio Vargas SP (FGV EAESP). Foi pesquisador visitante (PhD Visiting Researcher) no Australian Centre for Entrepreneurship Research (ACE), da Queensland University of Technology (QUT), Brisbane, Australia, sob a supervisão do Prof. Per Davidsson. Obteve o título mestre pela Fundação Getúlio Vargas (FGV EAESP) em 02/2014. Cursou Pós-Graduação em Administração (CEAG) na Fundação Getúlio Vargas (FGV EAESP), perído no qual participou de programa de intercâmbio à Macquarie University, Sydney, Austrália, e obteve o título de liderança global pelo Global Leadership Program da universidade. Advogado graduado pela PUC/SP, empreendedor e membro do conselho consultivo de startups. Leciona nas áreas de introdução a gestão, empreendedorismo, estratégia e inovação. Coordenador de projetos do Centro de Empreendedorismo e Novos Negócios (FGVCenn), onde é coautor do Relatório GEM Brasil - Global Entrepreneurship Monitor, o mais abrangente estudo sobre empreendedorismo do mundo. Foi corresponsável pela co-criação e implementação da Fase 2 do Programa 10.000 Mulheres da Goldman Sachs, com foco em empreendedorismo feminino, em parceria com a Babson College, Boston, Estados Unidos. Atualmente coordena o projeto de desenvolvimento do Índice de Empreendedorismo Corporativo (GVPesquisa) pelo FGVCenn a o projeto Itaú Mulher Empreendedora (Banco Itaú) pelo NEOP - Núcleo de Estudos em Organizações em Pessoas. Participou do comitê organizador do X EGEPE - Encontro de Estudos sobre Empreendedorismo e Gestão de Pequenas Empresas (2018) e se dedica ativamente ao desenvolvimento de pesquisa em empreendedorismo e do ecossistema empreendedor no Brasil.

Artigos: 

SALUSSE, MARCUS ALEXANDRE YSHIKAWA; ANDREASSI, TALES. O Ensino de Empreendedorismo com Fundamento na Teoria Effectuation. RAC. Revista de Administração Contemporânea (Online), v. 20, p. 305-327, 2016.

PINOTTI, S.; ANDREASSI, T.; MACHADO, S. M.; SALUSSE, M. A. Y. Ser ou Não Ser Empreendedor: O Profissional Técnico e o Dilema da Mundança de Carreira. Regepe, v. 4, p. 177-203, 2015.

Sarfati, G.; SALUSSE, M. Regional Inequality in the Spatial Distribution of Venture Capital Investments in Brazil. Academy of Management Proceedings, v. 2014, p. 10113-10113, 2014.

Livros: 

LANGRAFE, T.; SADAO, E.; NASCIMENTO, A.; SALATI, G.; SALUSSE, M. A. Y.; VALE, M.; SALUSSE, M. Administração? Uma Abordagem Inovadora com Desafios Práticos. 1. ed. São Paulo: Empreende / Fazendo Acontecer, 2018. v. 1. 176p .

GRECO, S. M. S. S.; MACEDO, M. M.; SALUSSE, M. A. Y. Empreendedorismo no Brasil 2015 (GEM 2015). 1. ed. Curitiba: IBQP - Instituto Brasileiro de Qualidade e Produtividade, 2015. v. 1. 178p .

GRECO, S. M. S. S.; ANDREASSI, T.; MACEDO, M. M.; SALUSSE, M. A. Y. Empreendedorismo no Brasil 2014 (GEM 2014). 1. ed. Curitiba: IBQP - Instituto Brasileiro de Qualidade e Produtividade, 2014. v. 1. 211p .

Capítulos de livros: 

SALUSSE, M. A. Y. Condições para Empreender nos Países (GEM 2013). In: Simara Maria de Souza Silveira GReco. (Org.). Empreendedorismo no Brasil 2013. 1ed.Curitiba: IBQP - Instituto Brasileiro de Qualidade e Produtividade, 2013, v. 1, p. 97-106.

SALUSSE, M. A. Y. aLeda - A marca mundial de uma ideia original. In: Marcos Hashimoto; Rose Mary A. Lopes; Tales Andreassi; Vania Maria Jorge Nassif. (Org.). Práticas de Empreendedorismo - Casos e Planos de Negócios. 1ed.Rio de Janeiro: Campus/Elsevier, 2012, v. 1, p. 171-181.

SALUSSE, M. A. Y. Postura da População em Relação à Atividade Empreendedora e Avaliação dos Especialistas sobre as Condições para Empreender no Brasil e Demais Países Participantes (GEM 2012). In: Simara Maria de Souza Silveira Greco. (Org.). Empreendedoriso no Brasil 2012. 1ed.Curitiba: IBQP - Instituto Brasileiro de Qualidade e Produtividade, 2012, v. 1, p. 29-34.

SALUSSE, M. A. Y. Tópico Especial - Intraempreendedorismo (GEM 2011). In: Simara Maria de Souza Silveira Greco. (Org.). Empreendedorismo no Brasil 2011. 1ed.Curitiba: IBQP - Instituto Brasileiro de Qualidade e Produtividade, 2011, v. 1, p. 77-80.